05.Eventos e Seminários GPEL

SEMINÁRIOS GPEL

Propomos a realização de seminários aperiódicos com convidados ou pesquisadores do próprio grupo para que possamos expor debater novos temas, difundir nossas produções, socializar nossas discussões.


HISTÓRICO DE ATIVIDADES DO GPEL

2013

2014

02 a 04/09 (São Paulo – SP) e 09 a 11/09 (Natal e Caicó – RN) – Seminário “Terrorismo de Estado, Direitos Humanos e Movimentos Sociais”
O GPEL, em parceria com o Laboratório Internacional de Movimentos Sociais e Educação Popular (LAMPEAR) da UFRN, promoveu o mencionado seminário nos municípios de São Paulo, Natal e Caicó. O evento contou com a presença de pesquisadores de instituições universitárias (USP, Unicamp, PUC-SP, UFRN, Universidade Federal de Diamantina1 e Universidade Estadual de Santa Cruz) e de ativistas de movimentos sociais e representantes sindicais (Movimento Autônomo pela Educação – MAE, Aldeia Tupinambá-Olivença, Comitê Popular da Copa, Oposição Alternativa da APEOESP, Reserva de Desenvolvimento Sustentável Ponta do Tubarão).
Comissão organizadora: Grupo de Pesquisa Poder Político, Educação e Lutas Sociais (GPEL) – USP e Laboratório Internacional de Movimentos Sociais e Educação Popular (LAMPEAR) – UFRN.
LOCAL: em São Paulo, no Auditório da FEUSP; em Natal, no Auditório de Geografia do CCHLA; em Caicó, na Casa de Cultura Popular de Caicó.

2015

04/05 – Vídeo-debate: “A Patagônia Rebelde”
Exibição do filme “A Patagônia Rebelde” (1974), de Héctor Olivera, a respeito da greve ocorrida em 1920 na Patagônia (Argentina), que foi brutalmente reprimida pelas forças estatais contrárias aos trabalhadores organizados. Após a exibição do filme, foi realizado um debate sobre o tema com a Profª Drª Doris Accioly (FEUSP, GPEL).
LOCAL: FEUSP

16/10 – Educação Indígena e Lutas Sociais: Brasil e México
O presente seminário teve por objetivo apresentar aos participantes pesquisas recentes na área da educação indígena que problematizam as relações e tensões entre as propostas estatais e a construção e prática pedagógica de povos índios no Brasil e no México.
A dimensão de luta social em torno na educação aparece fortemente nos movimentos docentes e comunais em Oaxaca e entre os Guarani no estado de São Paulo.
Essa atividade visou apresentar duas realidades e incentivar o olhar comparativo entre as lutas e as políticas públicas de educação indígena nos países estudados.
PROGRAMAÇÃO:
* “Movimento Docente, Lutas Sociais e propostas de Educação Alternativa e Indígena no sul do México”
Palestrante: João Francisco Migliari Branco (Doutorando FEUSP, GPEL)
* Educação Indígena Guarani como luta social”
Palestrante: Rafael Lopes (Mestrando FEUSP, GPEL).
Prof. Responsável: Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL)
LOCAL: FEUSP

11/11 – Seminário Poder Político e Palavra: Pierre Clastres e a morte do Estado
“Pierre Clastrés y la muerte del Estado: indagaciones sobre el accidente estatal desde una óptica libertaria”
Palestrante: Diego Mellado, filósofo e pesquisador chileno( Universidad de Chile).
LOCAL: FEUSP

2016

18/02 – Exibição e debate do filme “ACABOU A PAZ, isto aqui vai virar o Chile, escolas ocupadas em São Paulo”
Exibição do documentário “ACABOU A PAZ, isto aqui vai virar o Chile, escolas ocupadas em São Paulo” (2015), de Carlos Pronzato. Após a exibição do filme, foi realizado um debate com o diretor, que é também realizador do documentário “A Rebelião dos Pinguins” (2007), a respeito da luta dos estudantes secundaristas contra o sistema de ensino chileno.
Debatedor: Carlos Pronzato
LOCAL: FEUSP

14/04 – Seminários GPEL: Educação para/pelos Trabalhadores e a Formação de Gestores no Brasil
PROGRAMAÇÃO:
* “Disciplina escolar e disciplina fabril: educação e formação da classe operária nacional nos anos 1930 e 1940”
Palestrante: Derick Casagrande Santiago (Mestre em Educação pela FE-USP, GPEL)
* “A trajetória militante de Adelino de Pinho: passos anarquistas na educação e no sindicalismo”
Palestrante: Vitor Augusto Ahagon (Mestre em História pela FFLCH-USP, GPEL)
Prof. Responsável: Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL)
LOCAL: FEUSP

06/05 – Seminários GPEL: Escolas Ocupadas e (Re)Organização da Educação
Exibição de documentário “ACABOU A PAZ, isto aqui vai virar o Chile, escolas ocupadas em São Paulo” (2015), de Carlos Pronzato, seguida de debate com secundaristas, professores e com Lucas Duarte de Souza, editor do filme.
LOCAL: FEUSP

12/08 – Seminários GPEL: Movimento docente e indígena em Oaxaca (2006-2016)
Debate com o doutorando João Branco (Doutorando em Educação pela FEUSP, GPEL) sobre o movimento docente e indígena de Oaxaca/México e seu histórico desde 2006 até a recente greve de professores e as propostas de reforma educacional em vigência no México.
Prof. Responsável: Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL)
LOCAL: FEUSP

26/08 – Seminários GPEL: Questão de Gênero na Educação Hoje
Seminário sobre os atuais debates e reformas referentes a questão de gênero na educação, sua importância e possibilidades formativas.
Palestrantes:
* Amélia Artes (Professora EDA/FEUSP, Grupo de Gênero, Raça e Direitos Humanos na Fundação Carlos Chagas).
* Marcos Mortara (estudante de Licenciatura em Ciências Biológicas da USP, militante gay e membro do Coletivo Lumika).
* Clube Feminista da E.E. Professor Plínio Damasco Penna Coletivo.
Prof. Responsável: Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL)
LOCAL: FEUSP

17/10 – Cineclube GPEL: Francisco Ferrer y Guardia
Exibição do documentário “Francisco Ferrer y Guardia: Uma vida pela Liberdade” (1994), seguido de debate com o prof. Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL).
LOCAL: FEUSP

21/10 – Seminários GPEL: Reforma do Ensino Médio: a quem interessa?
PROGRAMAÇÃO:
* “Os sujeitos (não tão) ocultos da reforma do Ensino Médio”
Palestrante: Prof. Dr. Eduardo Girotto (Professor do Departamento de Geografia/FFLCH-USP)
* “Reforma Empresarial do Ensino Médio”
Palestrante: Escola sem Empresa
LOCAL: FEUSP

24/10 – Seminários GPEL: Reforma Educativa, Resistência e Lutas Sociais
PROGRAMAÇÃO:
* “Reforma educativa (2013), Resistências neoliberais e mobilizações da juventude emergente no México”
Palestrante: Héctor Rodolfo Andrade López (mestrando CEBRAP, Mestrando em Estudios Latinoamericanos da UNAM, México)
LOCAL: FEUSP

31/10 – Cineclube GPEL: #YoSoy132 (México)
Exibição do documentário “#YoSoy132 – Mi Movimiento”, seguido de debate com o pesquisador convidado Héctor Andrade (López (mestrando CEBRAP, Mestrando em Estudios Latinoamericanos da UNAM, México).
LOCAL: FEUSP

18/11 – Seminários GPEL: Qual Ensino Integral?
Palestra com a Profª Carolina Stefano (Coordenadora pedagógica de ciências da natureza e matemática de uma escola de ensino integral da cidade de SP).
LOCAL: FEUSP

2017

31/01 a 03/02 – Curso de extensão: Educação Libertária: aspectos históricos, teóricos e práticos
Curso de extensão oferecido pela Universidade de São Paulo, com carga horário de 30 horas, que contou com a participação docente de pesquisadores do GPEL. Teve como público-alvo, por ordem de prioridade: professores da rede pública; estudantes de ensino médio, graduação e pós-graduação; pesquisadores; educadores sociais; interessados em geral.
Carga horária total: 30 horas
Coordenador: Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL)
LOCAL: FEUSP

07/04 – Seminários GPEL: Educação Pós-escolarizada: reflexões críticas
Palestra com o Prof. Dr. Paulo L. A. Marques (Faculdade de Educação – FaE – da Universidade Federal de Pelotas – UFPel), especialista em educação libertária. O evento abordou a desescolarização numa perspectiva radical a partir de autores contemporâneos como Ivan Illich e Pedro Garcia Olivo, entre outros.
Prof. Responsável: Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL)
LOCAL: FEUSP

08/05 – Seminários GPEL: O Orfanato de Cempuis e as Espacialidades da Pedagogia Libertária
Palestra com o Prof. Dr. Federico Ferretti (Departamento de Geografia da University College Dublin, Irlanda) sobre as espacialidades na experiência educativa animada pelo anarquista Paul Robin entre 1880-1894.
Prof. Responsável: Rodrigo Rosa da Silva (EDA-FEUSP, GPEL)
LOCAL: FEUSP

 

I JORNADA DE EDUCAÇÃO LIBERTÁRIA DE SÃO PAULO

Apresentação
A partir da experiência das Jornadas de Pedagogia Libertária realizadas em Recife em 2013, 2014 e 2015 e a Jornada de Educação Libertária de Pelotas em 2016, propomos a realização da I Jornada de Educação Libertária em São Paulo. Com uma programação descentralizada, envolvendo dois grupos de pesquisa (GPEL&A/UFPel e GPEL/USP), as jornadas ocorrerão em duas cidades: Pelotas/RS (de 09 a 11 de outubro de 2017) e São Paulo/SP (06 a 08 de novembro de 2017).
Serão realizadas atividades em formato de Mesas Redondas e Roda de Diálogo sobre educação libertária. Agrupamos alguns temas, aparentemente diferentes, porém com um eixo aglutinador (a perspectiva libertária e autônoma de educação ou de organização política e social), para possibilitar um debate entre as experiências e movimentos presentes, para além da apresentação de pesquisas, descrições frias ou relatos impessoais. Propomos analisar, coletivamente, as formas de organização do poder político em diferentes sociedades e refletir sobre a realidade da educação junto aos movimentos sociais autônomos, pesquisadores e público interessado no tema da educação libertária.

PROGRAMAÇÃO DETALHADA
I Jornada de Educação Libertária de São Paulo
06, 07 e 08 de Novembro de 2017 – FE-USP (Auditório e Sala 124-B)
Faculdade de Educação (FE-USP): Av. da Universidade, 308 – Cidade Universitária – Butantã – São Paulo -SP

06/11 – Segunda-feira (AUDITÓRIO FE-USP)

14h/15h30 – Conferência de Abertura : “Colonialismo, Capitalismo e a Luta por uma Educação Autônoma” por Lúcia Bruno (GPEL/FE-USP)
Debatedor/a: Doris Accioly (FE-USP)

15h30/18h30 – Mesa 1: Escola Capitalista, Educação Libertária e Anticapitalismo (Auditório FE-USP)
Carolina Catini (FE-Unicamp)– “Fetichismo e Barbárie do Modo de Educar Capitalista”
Poty Porã Turiba Carlos (diretora da E.E. Indígena Gwyra Pepó) – “Eurocentrismo e as Escolas Indígenas”
Rodrigo Rosa da Silva (GPEL/USP) – “Anarquismo, Autogestão e Educação Anticapitalista”
Debatedor/a: Lúcia Bruno (GPEL/FE-USP)

19h30/22h30 – Mesa 2: Educação Anarquista: Fundamentos, História e Práticas (Auditório FE-USP)
Crystiane Peres (CFH-UFSC)– “A Educação pelos Trabalhadores: o projeto da Primeira Internacional”
Luiza Paschoeto Guimarães (FERP-UGB)- “A Educação Comunitária e Anarquista: A contribuição de Proudhon e Émilie Lamotte”
Luciana Santos (FE-USP) – “Francisco Ferrer e João Penteado: a Escola Moderna”
Tatiana Calsavara (FE-USP e Unisa) – “O Acervo do Educador Anarquista João Penteando (1912-1961)”
Debatedor/a: Rodrigo Rosa da Silva (GPEL/USP)

07/11 – Terça-feira – FE-USP (Sala 124-B)

09h/12h – Mesa 3: Práticas de Educação Libertária e Popular (Sala 124-B)
Vitor Ahagon (GPEL/USP e Cursinho Livre da Norte)– “Cursinhos Livres: Práticas de Educação Libertária”
Allan de Freitas e Manuela Alves da Silva (LEA) – “Laboratório de Educação Anarquista: vivências e experiências”
Cursinho Popular Flor de Maio (Hortolândia) – “Educação Popular como espaço de luta e de resistência”
Biblioteca Terra Livre (São Paulo) – “Educação Libertária e Autoformação: Os Grupos de Estudos”
Debatedor/a: a confirmar

14h/18h – Mesa 4: Povos Originários e a Educação Etnocida (Sala 124-B)
Eunice Augusto Martim (professora E.E. Indígena Djekupe Amba Arandy – Jaraguá) – “Educação Indígena”
Rafael Lopes (GPEL/USP)– “Estado brasileiro e Etnocídio”
João Branco (GPEL/USP)- “Movimento Docente, Coletivismo Índio e Aprendizagem Comunitária frente ao Terror de Estado em Oaxaca”
Debatedor/a: Lúcia Bruno (GPEL/USP)

19h30/22h30 – Mesa 5: Escola Pública, Ocupações e Resistência (Sala 124-B)
Antônio Carlos Oliveira (CCS/SP e vice-diretor na rede pública)– “A Escola como Espaço de Resistência”
Laryssa Amaro Naumann (Puc-RJ/IFMS) e Rodolpho Jordano Netto (UFF / IEL) – “A apropriação dos conceitos de autogestão e autonomia pela Base Curricular Comum Nacional: da pedagogia libertária à pedagogia da ‘Escola do Futuro’”
Millena Nascimento (FFLCH-USP) e Alicia Esteves (Secundarista) – “Ocupações de escolas, autogestão e resistência às reformas”
Debatedor: Rodrigo Rosa da Silva (GPEL/USP)

08/11 – Quarta-feira – FE-USP (Sala 124-B)

09h/12h – Mesa 6: Economia, Trabalho e Educação Popular (Sala 124-B)
Éder Camargo (GPEL/USP) – “História Local e Educaçao Popular”
Paulo Dias (GPEL/USP)- “Economia Política da Educação de Massas: a escola pública como condição geral de produção do capital”
Movimento Autônomo pela Educação (MAE) – “Trabalho docente, luta autônoma e repressão”
Via SOT – “Propriedade Orgânica e Universidade Libertária”
Debatedor/a: Vitor Ahagon (GPEL/USP e Cursinho Livre da Norte)

10h/12h30 – Visita Guiada: Arquivo João Penteado do Centro de Memória de Educação/FEUSP com Tatiana Calsavara e equipe do CME.
Visitas guiadas agendadas para 5 grupos de 10 pessoas com duração de 20 minutos.
Horários: 10h, 10h30, 11h, 11h30 e 12h
Agendar sua visita durante os primeiros dias da Jornada preenchendo uma lista de inscrição específica com os organizadores.

14h/17h – Mesa 7: Mulheres em Luta: Anarquismo e Educação (Sala 124-B)
Samanta Colhado (Unesp/Franca e professora na rede pública) – “Mulheres anarquistas e educação na Primeira República”
Alícia Esteves (Secundarista) e Millena Nascimento (FFLCH-USP) – “Secundaristas: Lutando como uma Menina”
Anelise Csapo (EACH-USP) – “Jineologia: educação e revolução das mulheres curdas”
Ocupa Marias da Consolação – “Educação e Crianças numa Ocupação de Mulheres”
Debatedor/a: a confirmar

17h/19h – Roda Final de Diálogos: É possível uma Educação Libertária Hoje? (Sala 124-B)
Troca de experiências e impressões sobre as posssibilidades da educação libertária nos dias de hoje. Livre debate de ideias. Mediadores: João Branco e Rodrigo Rosa da Silva

* CERTIFICADOS: Serão emitidos certificados online pela FE-USP para inscritos e para pessoas presentes que assinarem a lista de presença.

Comissão Organizadora:
Éder Camargo
João Francisco Migliari Branco
Lúcia Bruno
Rodrigo Rosa da Silva
Vitor Ahagon

Grupos Organizadores:
São Paulo: Grupo de Pesquisa Poder Político, Educação e Lutas Sociais (GPEL) – USP – https://gpel.milharal.org/
Apoio: Biblioteca Terra Livre – https://bibliotecaterralivre.noblogs.org/
Pelotas: Grupo de Pesquisa em Educação Libertária e Anarquista da UFPel e Projeto Multiversidade de Aprendizagens Livres da OCA – http://libertariosufpel.blogspot.com.br/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*